Acidente de moto

Por Ricardo Lucas, Responsável do Departamento Jurídico de Responsabilidade Civil e Direito dos Seguros.

Os acidentes com motociclos e ciclomotores são muito frequentes e, dadas as características destes veículos, a gravidade das lesões é tendencialmente mais elevada do que em acidentes com veículos de quatro rodas.

No último relatório anual apresentado pela ANSR – Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária -, mais de 100 pessoas morreram em acidentes de moto e cerca de 500 ficaram feridas com gravidade.

Neste tipo de casos, a principal dificuldade para reclamar a indemnização reside numa possível concorrência de culpas e num seguimento médico inadequado.

O que devem fazer então os sinistrados para receber a indemnização que lhes corresponde?

  • Muitas vezes o mais recomendável é apresentar uma reclamação por via judicial para garantir que se abre um processo de investigação dos fatos e que não prescrevem os prazos para reclamar a indemnização caso a seguradora não assuma a responsabilidade pelo acidente ou a totalidade dos danos.
  • Uma vez mais, relembramos que o seguimento médico é fundamental para provar a gravidade das lesões;
  •  Como em qualquer acidente e antes de iniciar qualquer trâmite de reclamação, recomendamos que peça mais informação a um advogado com experiência nesta matéria.
Responsável do Departamento Jurídico de Responsabilidade Civil e Direito dos Seguros.

Responsabilidade Civil e Direito dos Seguros, Direito Administrativo, Societário e Comercial, Direito da Família e Sucessões, Direito do Trabalho e Segurança Social.

    Enviar

    © 2022 RP Associados
    Avenida Álvares Cabral, 47, 1.º andar
    1250-015 Lisboa

    FAÇA UMA PERGUNTA